quinta-feira, agosto 30, 2007

formação na Boa Brisa

Olá amigos, como já vos tinha tinha dito durante os tempo que estive em Angola estive a fazer um curso de iniciação à costura no centro de formação da Boa Brisa. É um bairro próximo da cidade do Sumbe. O centro fica no alto do monte e está virado para o mar daí a verdade do nome, tem mesmo uma boa brisa. Foi neste ambiente que 14 mulheres daquele bairro estiveram comigo durante o mês que lá estive a aprender um pouco de costura. As máquinas eram um pouco diferentes daquelas que estou habituada mas cosem com linha tal e qual só que movidas a batatas ou funge como se come em Angola. O ferro esse já era como eu me lembrava do da minha avó que era a carvão, é que no centro de formação ainda não há luz eléctrica e é necessário usar os meios mais simples para conseguir fazer o trabalho. À esquerda têm a foto do mais pequeno aprendiz que acompanhava sempre a mãe e mostra a sua camisa nova. Ao lado está um panorama da sala de costura numa das formações. Estamos juntos!!!

7 comentários:

Anónimo disse...

Querida Jacinta:Muitos parabens pelo teu trabalho realizado em Angola,parabens pelo testemunho de vida que nos das.Desejo-te o melhor e sede bemvinda a teu pais e a tua familia.Estamos juntas,que Deus te abençõe.Tua mana Ir.nancy

Anónimo disse...

Olá Jacinta.
Sejas muito bem-vinda da missão que cumpriste em Angola.
Ainda que tenha sido por pouco tempo, estou certo que valeu a pena.
O tempo da Missão não se mede tanto pela duração cronológica ou pelo muito que se faz, mas principalmente pelo amor com que se faz.
Parabéns pela tua disponibilidade para dares todo o tempo das tuas férias à Missão e obrigado pelo teu testemunho de amor ao próximo.

P. Vítor Mira

Anónimo disse...

Olá Jacinta,
fico feliz pela tua felicidade neste projecto, o teu sorriso mostra isso mesmo
Como sempre naturalmente empenhada
Força e ate breve

Paulo Garcia

lena renas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lena renas disse...

ola maninha,
então ainda só aqui está a colecção criança... os visitantes deste blog merecem ver outros modelos...
Eu sei que ela os tem porque já vi as fotos e vocês querem ver, não querem?
Beijos e força
lena

Vera disse...

Jacinta, deste lado do oceano vai um beijinho e um abraco*

Ana disse...

Olá meninas missionárias do 2º ano,

Tenho lido as vossas notícias que muito aprecio, porque também estive alguns dias junto com o grupo do 1º ano, e por isso conheço minimamente o vosso empenho missionário e a região e pessoas do Gungo.
Jamais esquecerei os dias que passei nessa terra, as privações,as faltas de tudo, os sorrisos gaiatos e simpáticos dessas gentes,a beleza da paisagem,enfim....tudo!!...
Se algum dia puder, conforme já pedi ao Pe. David, espero voltar ao Sumbe, ao v/ Ondjoyetu e até mesmo ao Gungo. Apesar de todas as privações e calor que possa existir, continuo com muitas saudades daí, especialmente das pessoas.
Fico muito feliz por saber das novas evoluções por essas paragens, como a habitabilidade de Ondjoyetu já toda arrumadinha ( então Sónia gostas de estar na nova casa,não?)onde já deve haver luz e água espero!!!... e as actividades que têm mantido com as gentes do Gungo, apesar de terem que se deslocar alguns Km a pé. Isso é que é coragem,hein?!...
Mas tbm fiquem sabendo que perdem a sensação estranha de percorrer uma picada balanceada,saltitante,enlameada, onde quase o jipe se presta a dar uma volta!!.. Faz medo, mas ao mesmo tempo tbm é giro, eu pelo menos gostei da experiência. Não a pretendo voltar a repetir, mas gostei pronto!!!...
Continuem com a força dos primeiros passos, porque do lado de cá do oceano, muitos estão convosco em pensamento e alma.
Eu sou uma delas!
Até sempre. ESTAMOS JUNTOS!
Ana Bela