sexta-feira, agosto 28, 2009

De regresso a Angola:D

Olá amiguinhos :D Daqui a linha da frente a dar as mais recentes novidades… Pois é… Acabei de regressar a estas terras angolanas e só agora me apercebi das saudades que já tinha de tudo isto: da cor, do calor, dos cheiros, das pessoas, da missão e de estar em Missão. À chegada em Luanda tinha a fantástica equipa da linha da frente à minha espera, sempre a sorrir e a acenar, com um kimbuto (saco) de pipocas à cabeça! E os abraços… Padre David, mana Ana, mãezinha Angélica, Teresinha e mana Lina aqueles abraços apertados, onde foram entregues os cumprimentos e saudades da tão querida linha da retaguarda, família e amigos. Ainda no mesmo dia chegamos ao Sumbe onde já reencontrei algumas pessoas amigas, mas muitas mais estarão para reencontrar e conhecer.

E amanhã… é o grande dia… vou ao nosso querido Gungo. O coração já está aos pulos para rever aquele povo, para sentir o calor da fogueira, para dançar, cantar e sorrir muito. Connosco está também a querida visita do padre Virgilio, reitor do Santuário de Fátima, que também subirá para falar ao nosso povo. Irá contribuir para o aprofundar da espiritualidade mariana, divulgar a mensagem de Fátima através de algumas celebrações marianas. E olhem que já tá a cuiar bué! Todos estamos ansiosos… e em breve daremos mais novidades* Obrigada pelo apoio de todos vós… Cumprimentos de toda a linha da frente… agora reforçada! Estamos Juntos*

quinta-feira, agosto 27, 2009

A Inês já está na Linha da Frente

Bom dia.
Há pouco recebi de Angola o habitual toque que quer dizer "liga para nós".
Liguei e atendeu-me a Inês com a sua habitual esfusiante alegria. Disse que a viagem correu bem e que só as bagagens demoraram um pouco a sair, mas no fim tudo bateu certo. Encontrou a equipa bem disposta. Disse-me que iam levantar o bilhete do P. David (vem de férias a 22 de Setembro) e depois seguiam para o Sumbe.
As despedidas foram ontem à noite no aeroporto de Lisboa, como é habitual, sempre com muita emoção. Estiveram os seus pais e muitos amigos, a maior parte do grupo missionário.
A Inês partiu como missionária voluntária leiga, por um ano. Obrigado Inês pelo teu testemunho e que o teu exemplo seja seguido por muitos outros. A tua alegria, boa disposição, optimismo amor ao próximo e tantas outras qualidades são uma grande graça para todos nós. Coragem para ires sempre em frente "Onde Deus te levar".
Com ela foi o P. Virgílio do Nascimento Antunes, reitor do Santuário de Fátima. O seu primeiro objectivo nesta deslocação a Angola é participar na peregrinação anual à Muxima (um santuário mariano nos arredores de Luanda), nos primeiros dias de Setembro, a convite do bispo local. Entretanto, e tendo a diocese de Leiria-Fátima esta missão naquele país africano, foi uns dias mais cedo para ir visitar essa mesma missão. Temos a certeza que será muito bem recebido e viverá uma experiência marcante.
Uma palavra final para a D. Delfina e o Sr. Manuel, pais verdadeiramente missionários. De um filho e três filhas que têm, duas delas estão agora em missão integradas neste projecto da diocese. Muitos parabéns pelos valores que transmitiram às vossas filhas e filho e obrigado também pelo vosso testemunho, não tanto por "permirtir", mas mais por dar condições para que duas filhas vossas estejam em Missão ao mesmo tempo.
A todos um grande abraço e muita coragem para a Linha da Frente.
P. Vítor Mira

quarta-feira, agosto 26, 2009

Onde Deus me levar

Podes achar que não tens

P'ra onde ir, nem que fazer

Não sabes bem quem és aqui

Neste mundo tão grande e frio

Mas há qualquer coisa em ti

Que te faz querer, querer ser alguém,

Querer ser alguém...

E a Vida não vai parar,

Vai como vento,

Tens tudo a dar

Não percas tempo

Podes saber que vais chegar

Onde Deus te levar

Mas pode ser tão difícil,

de acreditar Em Deus assim

Será que Ele se vai lembrar...de me ajudar

Será que sim?

Mas há qualquer coisa em mim

Que me faz querer: acreditar

Acreditar!

A todos os que me ajudaram a acreditar que é possível ir mais além, a confiar em Deus e a seguir o caminho que ele tem para nós.... um grande TWAPANDULA.
Estamos Sempre Juntos... independentemente do lado da linha do horizonte em que estamos*
Da vossa.... Mana Inês

terça-feira, agosto 25, 2009

Mais ecos da Aldeia da Mata

Boa tarde.
A semana missionária na Aldeia da Mata foi uma experiência marcante. Chegou-nos mais um eco, desta vez da Ana Filipa Cunha, que aqui partilhamos.
Cumprimentos a todos.
"Achei que a semana foi qualquer coisa de fantástica. Sinceramente não encontro uma palavra que resuma o quão enriquecedora e agradável foi a experiência de ir em missão (só) por uma semana. Os últimos dias foram tão ou mais intensos como os primeiros dias: espírito de oração, partilha e alegria, mas, sabendo que o fim da missão estava a chegar, mesmo ainda faltando uns dias para a partida, as saudades já batiam à porta. Foi uma sensação "estrenhamente agradável" porque parece que para além de se ter a "família missionária" também criamos laços com uma nova família: a família da Mata.
Acho que o principal está dito =)
O importante foi que levamos o nosso sorriso e angariámos muitos mais =)
Filipa =)"

sexta-feira, agosto 21, 2009

Aventuras no Gungo!

Olá manos! Pois é, nem sempre tem sido fácil, para mim, ir ao Gungo e por isso vão-se sempre usando várias estratégias para lá chegar... Queria tanto ir assistir aos casamentos no Calipe, que me aventurei a ir de mota para lá! Foram 8 horas de viagem, para ir e 5 horas para voltar. Como a mota era "Kapiquena" tivemos de empurrar muitas vezes e fazer muito caminho a pé, mas nunca desistimos, eu e o meu companheiro de viagem, o Júlio. O melhor de tudo foi chegar ao Calipe e encontrar a equipa, juntamente com imensos jovens e catequistas! A cerimónia foi linda!!! Cheia de verde e muitas mais cores, sem esquecer o branco das noivas e com uma homília muito bonita feita pelo padre David. Como é bom ir ao Gungo! Twapandula tchiwa!

Ecos da Missão na Aldeia da Mata, Crato

"Esta semana missionária na Aldeia da Mata esteve repleta de emoções e partilha de vivências com a comunidade, mas foi também importante para fomentar a união do grupo. A vigília foi um momento marcante assim como todos os testemunhos ouvidos durante a semana. Um grande agradecimento a toda a comunidade que tornou muito especial esta missão." Beijinhos* Elsa Pedro

quinta-feira, agosto 20, 2009

Tibúrcio, o gato inteligente

Bom dia. Na última postagem tinha ficado uma questão - "O que fará o Tibúrcio?" Depois de algumas especulações e bastantes suspeitas, aqui fica a revelação do mistério. A final, isto de a necessidade aguçar o engenho parece que não é exclusivo do género humano. A imagem não é muito nítida porque está a ser captada a partir da cozinha e a janela tem rede mosquiteira. A filmagem e locução é da Ana Sofia Pereira. Um abraço. P. Vítor Mira video

segunda-feira, agosto 17, 2009

O que fará o Tibúrcio?

Olá, boa noite. Tibúrcio é o nome do gato da casa da Missão, no Sumbe. Tem ao seu cuidado zelar por uma área de 1.800 m2. O seu trabalho é caçar ratos (e há lá muitos); nas horas livres pode apanhar lagartos. Como prémio recebe de tempos a tempos uma coleira anti-pulga o que lhe dá uma qualidade de vida superior em relação a muitos outros habitantes da sua classe, por aquelas áreas. Não cheguei a apurar (ou já não me lembro) se o seu nome tem alguma coisa a ver com o facto de nos ter sido oferecido pelas irmãs da Sagrada Família, de Luanda, e de que fazem parte algumas irmãs brasileiras. Mas o que intriga é o que estará a fazer o Tibúrcio. Sendo um felino tão prendado e dedicado será que lhe calhou a ele limpar aquela panela? Dá a impressão que a está a esfregar por dentro. E parece que às vezes pára para descansar. Por agora fica a dúvida que será esclarecida no próximo episódio. Um abraço. P. Vítor Mira video

quinta-feira, agosto 13, 2009

Missão na Aldeia da Mata

Olá amigos, boa noite.
Cheguei hoje mesmo da Aldeia da Mata onde estive, desde domingo passado, com a equipa missionária que lá se encontra desde sábado.
Está a ser uma semana muito boa, apesar do intenso calor que por lá se faz sentir.
O primeiro acto comunitário é o pequeno almoço a que se segue a oração da manhã na igreja com algumas pessoas da comunidade.
Depois vem o trabalho por equipas: uns vão visitar o lar de idosos de Santo António, um lar muito bom e com óptimas condições onde vivem cerca de 80 pessoas; outros vão pelas ruas da localidade visitar famílias, guiados por alguém de que as conhece.
O almoço é por volta das 13:00 h.
Na parte da tarde os grupos continuam com as actividades da manhã; mas é então que se forma um terceiro grupo que desenvolve actividades com crianças.
Às 18:00 h. é feita a oração do Rosário na igreja a que se segue a celebração da Eucaristia.
À noite, pelas 21:30 h., há um encontro de formação para a comunidade. Esta formação está ligada ao tema da semana "Deus que ama e chama", relacionado com o ano sacerdotal que estamos a viver.
Ontem foi um dia um pouco diferente pois tivemos algum tempo de descanso e convívio entre os membros do grupo; também foi oportunidade para visitar o Crato, comunidade onde foram realizadas as semanas missionárias nos dois últimos anos. Ali mostrámos o nosso último filme, "Dar Mais".
Algo que tem marcado esta semana tem sido o formidável acolhimento que a comunidade tem dado aos nossos missionários: é o lar a que fizemos referência que fornece as refeições e as pessoas desdobram-se em gestos de simpatia e partilha que muito nos têm sensibilizado.
Para terminar, as maiores bênçãos de Deus para os que levarão esta semana até ao fim.
Ficam duas forografias: uma do dia da partida (sábado passado), outra tirada hoje mesmo na igreja da Aldeia da Mata e onde está o pároco, P. Paulo.
Cumprimentos.
P. Vítor Mira

sábado, agosto 08, 2009

Semana Missionária em Aldeia da Mata - Crato

Olá, boa tarde.
Partiram hoje para a Aldeia da Mata, município do Crato, os membros do Grupo Missionário Ondjoyetu que até ao próximo dia 16 de Agosto irão realizar uma semana missionária naquela localidade alentejana.
Esta iniciativa já faz parte das actividades deste grupo desde 2002, ano em que foi realizada a primeira em S. Martinho das Amoreiras, Baixo Alentejo.
Durante a semana o os elementos do grupo missionário têm momentos de oração com a comunidade, fazem visitas aos lares, às famílias e doentes. Também desenvolvem actividades com crianças e jovens. Também são proporcionados momentos de convívio e confraternização com a comunidade. Momento alto costuma ser a vigília de oração missionária que este ano terá lugar na próxima sexta-feira.
Esta paróquia está ao cuidado pastoral dos padres Paulo Dias e Rui Rodrigues que, além desta, ainda têm outras como Alter do Chão, Crato, Cabeço de Vide e Chança, tendo este grupo missionário já passado por algumas delas.
Alguns elementos não podem estar durante toda a semana, mas mesmo assim dão o seu contributo nos dias que lhes é possível.
Rezemos por esta actividade e todas as pessoas nela envolvidas.
Fica a fotografia tirada no dia da celebração do envio.
Um abraço.
P. Vítor Mira

quinta-feira, agosto 06, 2009

Três anos de geminação

Bom dia amigos.
No passado di 2 de Agosto completaram-se três anos da ida do grupo de "Pioneiros", como então lhe chamámos, para Angola, a fim de assumir o acompanhamento da comunidade do Gungo, na sequência da geminação das dioceses de Sumbe e Leiria Fátima.
Três anos passaram e com eles muitos gestos de partilha e doação material e pessoal.
É com alegria, mas sobretudo com um profundo sentimento gratidão a Deus, que vemos este sonho avançar, apesar dos naturais obstáculos que naturalmente têm surgido mas que também, felizmente, foram sendo superados.
Uma palavra de especial apreço ao P. David que já está em Angola há três anos e tem sido o elo de ligação desta missão; mas também a todos os missionários leigos que ao longo destes três anos têm dado algum tempo das suas vidas a este projecto missionário diocesano. Mesmo que as pessoas vão mudando, a Missão é a mesma.
Mas também não esquecemos o "batalhão" que estes missionários têm tido na sua rectaguarda; em primeiro lugar os membros do Grupo Missionário Ondjoyetu que têm sido incansáveis no apoio material e espiritual a este projecto; também os "Mil & Tal Amigos" que com o seu euro por mês (alguns até mais do que isso) são um importante suporte à subsistência da equipa da Linha da Frente; finalmente, há uma multidão de pessoas individuais, instituições e empresas que, de forma contínua ou pontual, têm apoiado este projecto.
A toda esta grande equipa os nossos parabéns e um grande bem-haja por confiarem em Deus e nas pessoas e ousarem sonhar aquilo que aos homens parece impossível mas a Deus não é.
Não podendo colocar a fotografia de todos, fica a da actual Linha da Frente que nos representa a todos nós.
Um abraço para todos.
P. Vítor Mira