sexta-feira, março 06, 2009

Um contentor para o Gungo

Olá, boa tarde. Estamos a preparar o envio de um contentor com alguns bens para apoio ao trabalho que a Linha de Frente está a realizar no Gungo. Divulgamos neste espaço aquilo de necessitamos na expectativa de podermos vir a com a colaboração dos que quiserem e puderem. Aqui fica a lista: - Para trabalhar o terreno da missão: quatro charruas tipo “Tramagal”, duas grades para junta de bois, (já temos os bois!). - Para melhorar as condições da casa construída no Sumbe: uma armário de sala de 2,5 x 2,00 m, uma bancada de cozinha de 2,20 m; um armário de cozinha (tipo prateleira) de 2,20 m; uma chaminé de cozinha em chapa pintada ou inox 0,70 x 0,50; um aspirador normal. Estes bens podem ser em segunda mão, desde que em bom estado. - Outros bens para uso do dia-a-dia e melhorar as condições de trabalho: um computador portátil, sacos de ráfia (mesmo que usados), um serrote tipo “bacalhau", máquina de lavar à pressão, uma lona de 3,5 x 2 m, eléctrodos nº 2, linha de “atar morcelas”, 5 caixas de papel A4, algumas bacias de plástico de vários tamanhos, 6 colchões de esponja para camas de solteiro, 25 bilhas de água de 20 litros para transportar água potável. - Bens alimentares: arroz, feijão, óleo vegetal, açúcar, leite em pó, comida enlatada (de todo o género), massas, papas para crianças. - Material escolar: lápis, fiadeiras, borrachas, esferográficas, lápis de cores, marcadores, cadernos, livros de literatura em língua portuguesa (não curriculares). - Outros bens: sabão em barra, detergente (“super pop” em pó). Também recolhemos roupa e calçado, que podem ser usados, agradecendo que venham em estado de ainda poderem vir a ser usados. Há outros bens que pela sua especificidade e quantidades terão que ser adquiridos directamente em fábricas ou armazéns como sejam chapas de coberturas e outros. O envio do contentor implica custos que andarão na casa dos seis mil euros. Por isso, também agradecemos o apoio em dinheiro para ajudar a cobrir estas despesas. Em relação aos bens para o terreno da missão, para a casa e para uso do dia-a-dia e melhoramento das condições de trabalho, agradecemos que se houver pessoas individuais ou grupos que os queiram oferecer que nos avisem antecipadamente para que não existam repetições. Devido à falta de um espaço de armazenamento por um período longo, esta campanha tem que ser feita em poucas semanas. Agradecemos que todos bens sejam entregues em Regueira de Pontes até dia 31 de Março, ainda que peçamos que seja o mais cedo possível. Para qualquer esclarecimento aqui ficam os contactos: 926 031 382 e animissionarialeiria@gmail.com Desde já, um bem-haja a todos os que colaborarem. (Foto de arquivo: distribuição de ajuda às crianças em 2003) P. Vítor Mira

2 comentários:

Guto - Luanda disse...

Desejo-vos um bom trabalho nesse grande país. Volto aí não tarda nada depois de uns dias na Tuga.

Anónimo disse...

Ola Manos Ondjoyetus!
Desejo-vos que essa campanha corra como as anteriores e ainda melhor com a graca de Deus e a SEMPRE disponibilidade e generosidade do povo Portugues.
Como gostaria estar mais perto para eu tambem fazer o meu pedido ja que sempre estao dispostos a ajudar para a nossa missao por estas terras, mas desejo-vos do fundo do coracao que continuem com muito Ánimo!
Sempre juntos no Amor de Crsito e Maria.
Continuacao de boa Cuaresma.Um beijinho e um grande abraco kilometrico. Vossa mana que vos acompanha sempre Ir.Nancy