terça-feira, julho 07, 2009

A força de um sorriso

"Na minha adolescência e juventude, como todos os jovens, eu tinha sonhos e fazia projectos. Um desses sonhos era ser missionária, ir para África, viver entre os mais pobres, dedicar-me a quem mais precisasse. Outro era casar, constituir uma família, ter filhos (nessa altura eu queria 6!...). Era um pouco complicado pois eu achava que não podia conciliar esses dois projectos e tinha de optar por um. A vida foi-me abrindo portas e Deus abençoou o meu casamento e a minha vida com a dádiva de três filhos maravilhosos (que valem bem por 6!...) Durante todos estes anos tentei cumprir as minhas missões o melhor que podia e sabia. Fui mãe, esposa, dona de casa. Tudo isto a par da minha actividade profissional – professora – uma outra forma de missão que sempre exigiu entrega e doação quase totais. Sinto que tive muitas falhas mas sei também que tentei dar sempre o meu melhor. E a vida rolou… e aconteceram mudanças. Os filhos cresceram e ganharam asas. Têm as suas próprias vidas e já não dependem da mãe. Tive a feliz possibilidade de me aposentar ainda cheia de energia e com saúde. Não fazia sentido ficar “em casa” e viver uma vida fechada sobre mim mesma. Era preciso tentar novos projectos, viver novos desafios, dar algo de mim. O sonho de juventude começou a agitar-se cá dentro. E porque não? E então, Deus, apresenta-me o P. Vitor Mira e põe no meu caminho o Grupo Missionário Ondjoyetu. O pequenino fermento que há muito estava arrefecido, voltou a levedar até crescer e ser forte o suficiente para me levar a dizer sim ao convite que Deus me fez. Estes quase dois anos de caminhada com o grupo foram um amadurecer das minhas convicções e da minha vontade de me dar a quem mais precisa. Agora que estou de partida, sinto uma grande alegria por estar prestes a iniciar esta nova etapa da minha vida. Sei que vou enfrentar dificuldades mas estou confiante pois sei que Deus, que esteve sempre presente em toda a minha vida, me vai dar forças e coragem para vencer as dificuldades! Afinal os sonhos de juventude não eram incompatíveis! " Testemunho da Angélica Filipe

8 comentários:

Anónimo disse...

Um grande beijinho da família Brito, foi com muita emoção que lemos este testemunho e vimos as fotos!
Força e coragem para todos e que Deus nunca tire a sua mão de cima das vossas cabeças.
Josefa, Manuel, Eunice e Joana

Anónimo disse...

Olá, a todos!
Gostei muito deste texto da Angélica. Sou mais nova mas até há uns quatro anos atrás, também pensava que tinha de optar entre uma vida familiar "convencional" e ser missionária. Depois conheci os Leigos Para o Desenvolvimento e mais tarde o Ondjoyetu. Identifiquei-me mais com o Ondjoyetu e fui aparecendo nas reuniões de Segunda-feira á noite. Acompanhando e participando nas actividades do grupo. Não me considero Missionária mas "Ajudante do grupo missionário".
Gosto muito de tudo. Das reuniões, do trabalho, da camaradagem, de saber que se pode ajudar quem está em Angola...
De saber que mesmo não podendo mudar o mundo, posso, com a ajuda do grupo, e dos corajosos que partem, ajudar algumas pessoas.
Sempre que vejo os sorrisos, daqueles que recebem a ajuda da Missão, fico deslumbrada como uma criança e tenho vontade de ajudar.
Beijinhos a todos
Até breve
Ana carreira

MiradeJesus disse...

A Angélica deu um passo de muita coragem e confiança que ao mesmo tempo se tornou a concretização de um chamamento e sonho antigo.
Pelo que temos comunicado por sms a Angélica está a integrar-se bem na Linha da Frente, "encaixando" um mundo de novidades que não deixam de surpreender.
Ontem mesmo a equipa partiu para o Gungo para aquele que será o "baptismo" da nova missionária junto da comunidade. Se Deus quiser, regressarão dia 20 de Julho.
Rezemos por eles e pelo trabalho que já estão a realizar.
Cumprimentos.

P. Vítor Mira

Anónimo disse...

Olá bom dia!
Que lindos sorrisos de orelha a orelha, de felicidade, de quem realizou um sonho...
Força Angélica estamos juntas!
Uma beijoquinha.
Ana Matos

Tomas disse...

Gosto muito de ti mãezinha!!!!!
E a Tita tb!

Beijinhos muitos!!!

Tom&Tita

Anónimo disse...

ola Mana Angelica:
Que tudo na sua vida seja para dar-se a Deus e aos irmaos.
Estamos juntas na missao ao irmao.
Desde esta minha terrra mexicana um grande abraco um beijinho para se e par os nossos manos.
Vossa mana Ir.Nancy

Anónimo disse...

Angélica: Foi com muita emoção que li notícias sobre ti em Angola e desejo de todo o coração que Deus te acompanhe sempre.Conhecendo as tuas capacidades e vontade,sei que tens muito para dar nessa missão.Por aqui tudo bem.
Vamos olhando pelos "garotos".
Um beijão e um abraço,cunhada.
Graciosa

Ana disse...

É bastante comovente ver o brilho nos olhos de quem está em missão.
Fico feliz por saber que a D. Angélica está bem e feliz.

Um beijinho muito grande para ela com muita admiração.

Ana Esperança