terça-feira, junho 17, 2008

East Providence acolhe-nos

Olá amigos e amigas do Ondjoyetu e visitantes em geral.
Ainda me custa a habituar à ideia de que quando para mim aqui ainda é cedo já vocês aí na Europa e África estarão todos a dormir. E quando me levando e olho para o relógio do telemóvel e vejo que já são 12:00 horas fico quase assustado. Depois olho para o relógio de pulso e vejo que afinal ainda são só 7:00 h da manhã. Ufa.
Pois é, aqui na América está a chover. Chegámos com calor mas o tempo mudou.
Fomos muito bem recebidos, como já vos disse, pelo Sr. P. Vítor Vieira e seu vigário, P. Richard.
Apanhámos logo à chegada a festa em honra de S. Francisco Xavier, padroeiro desta comunidade em que, dizem aqui, cerca de 80% das pessoas são de origem ou ascendência açoriana. E, de facto, nestes dias de festa, parecia mais que estávamos em Portugal com um daqueles arraiais com sardinha assada, frango de churrasco, mas também hot-dogs, carne no espeto e malassadas. E eu perguntáva-me onde estava aquela América que vamos criando na nossa mente por causa dos filmes. Não podiam faltar as bandeiras, cahecois, bonés e camisolas de Portugal e dos nossos craques ou então as cores dos três grandes clubes portugueses.
Ontem, domingo, tivemos uma procissão que durou quase duas horas. A chuva ameaçou, mas não caiu. Foi muito bonita, vindo ao de cima os valores e tradições do povo português, neste caso concreto do açoriano - não podia faltar o Senhor Jesus dos Milagres.
As pessoas manifestam-se muito afectuosas e acolhedoras. Tão simpáticas que, como já devem ter reparado, já estou a usar o meu computador portátil porque me arranjaram a internet para ele.
Bem, por aqui termino para amanhã poder dizer mais alguma coisa.
Na foto estamos eu, à minha esquerda o P. Vieira Lopes (que viajou comigo) e do outro lado o P. Vitor Vieira, também ele de origem açoriana.
Cumprimentos para todos e rezamos uns pelos outros.
P. Vítor Mira

3 comentários:

Anónimo disse...

Votos de que a passagem por essas paragens seja proveitosa de todas as formas.
Abraço amigo
Vitor Tavares

Rute disse...

Parece mesmo tirado de um filme esse cenário...Beijinhos e boa continuação.

penelson disse...

Esta descrição faz-me sentir saudades de Brampton, Toronto, Canadá, onde fui por duas vezes... acolhido por uma Comunidade essencialmente Açoreana também...

Faço votos de que mesmo com esse 'descontrolo' horário, o tempo seja (bem) vivido e aproveitado ao máximo...

Abraço fraterno,

Nélson A.
Abraço.