terça-feira, março 04, 2008

De Visita ao Kubal Seis Pontes

Posso dizer que a visita que recentemente fiz à equipa missionária que se encontra em Angola se dividiu em duas partes: a primeira foi a participação na inauguração da casa da missão no Sumbe, de 23 a 28 de Janeiro; a segunda consistiu na visita ao Gungo, mas concretamente à aldeia do Kubal Seis Pontes. Foi de terça, 29 de Janeiro a domingo, 3 de Fevereiro. Foi uma experiência muito bonita de partilha com a nossa equipa missionária e aquele simpático e acolhedor povo. Que bom reencontrar velhos amigos e viver com eles aqueles dias. Hei-de apresentar-vos alguns. Por agora deixo a foto do momento da chegada, com palmas e cantos, como sempre. Por agora termino. Cumprimentos. P. Vítor Mira

6 comentários:

Anónimo disse...

É bom saber que o nosso trabalho está a ser bem implementado na linha da frente. É por isto que vale a pena colaborar com o grupo missionário. Da segunda linha, de onde não ouso sair, prometo que vou esforçar-me mais por ajudar. A todos um grande bem hajam. Até breve. Ana Carreira

Anónimo disse...

Olá! Que a graça de Deus esteja em cada um de Vós.Simplesmente vos escrevo, para vos cumprimentar e desejar continuação de boa preparação para a PÁSCOA. Estamos juntos, todos os de lá e os de cá.
Um beijinho de...e um abraço de...
Vossa mana: Irmã...NOC

Anónimo disse...

Olá! Que a graça de Deus esteja em cada um de Vós.Simplesmente vos escrevo, para vos cumprimentar e desejar continuação de boa preparação para a PÁSCOA. Estamos juntos, todos os de lá e os de cá.
Um beijinho de...e um abraço de...
Vossa mana: Irmã...NOC

Anónimo disse...

Desculpem mas enganei-me e cliquei a mais. Não faz mal para pareser muitos os que escrevem, já que estou nisto, vocês podem escrever tambem não é só ler, comentem qualquer coisa.Eu.

Inês Pereira disse...

Kubal 6 Pontes terra de gente fantástica. Ainda é das poucas aldeias onde se pode chegar de jipe... 4h de picada e chegamos nós a uma pequena aldeia rodeada por grandes rochas.
Saudades de todo aquele povo acolhedor... até das formigas que nos visitavam durante a noite:)
Um grande beijinho para a linha da frente e para todo o povo do gungo.
Continuamos Juntos**

lenantunes disse...

Deus vos dê coragem e força para continuarem com a vossa nobre missão