segunda-feira, julho 07, 2008

A fogueira!

Era uma vez uma fogueira… Uma fogueira onde toda uma comunidade se reúne para rezar o terço. Uma fogueira onde todos agradecem a Deus pelo seu dia, onde todos reconhecem uma presença divina que os ajuda nos momentos mais difíceis e que também os acompanha nos momentos felizes. Essa fogueira parece mágica… Aqui retribuem-se sorrisos, sente-se o calor da vida, ouvem-se sons que se misturam no ar com as vozes melodiosas e formam aquela tão característica música que acompanha aquele povo. Trocam-se olhares cintilantes, muitas vezes sentimos o calor da criança que adormeceu no nosso colo, cansada, frágil… sente-se o seu respirar e o batimento do pequeno coração. Acabamos de cativar mais uma criança….amanhã voltará com o seu olhar tímido e sem pedir sentar-se-á de novo no nosso colo... e de novo adormecerá. O calor desta fogueira e a oração de todos os que estão em seu redor adormeceram esta criança, embalaram-na por sonhos de fantasia, por mundos que desconhecemos e onde tudo é permitido. A fogueira continua! Após o terço as batucadas ressoam por todas aquelas montanhas e vales, ouvem-se cânticos de alegria e chegou o momento da partilha. É agora que todos em volta da mesma fogueira contam as suas anedotas, contam os seus poemas, as suas adivinhas, os seus jogos. Do mais pequeno ao mais velho todos participam, todos contam a sua história! A pouco e pouco as pessoas ficam mais descontraídas, soltam-se gargalhadas, partilham-se histórias… partilha-se a VIDA! A fogueira continua a arder… continua a emanar calor, a manter as pessoas unidas. A fogueira que une agora estas pessoas uniu tantos outras que por lá passaram, tantos missionários que experienciaram esta fogueira ficaram para sempre ligadas a este povo. É sinal que Estamos Juntos, é sinal que cantamos e dançamos pela mesma alegria, é sinal do amor que nos une, um amor bem maior que todos nós!
Aqui está o texto que partilhei com as Manas antes da sua partida para Angola. Todos os que lá estavam comprometeram-se a enviar sinais de que Estamos Juntos.... Aqui está o texto que relembra que realmente ESTAMOS JUNTOS**
Um grande beijinho para todas e até breve:
Mana Inês

4 comentários:

David Nogueira disse...

Olà Inès,
é sempre bom saber que estamos juntos e que o calor da fogueira ainda arde no teu coração. Talvez assim vamos criando o desejo a outros de querer experimentar o calor deste fogo là em Angola. Alguém quer vir?
Tchauè!

MiradeJesus disse...

Olá caçula da "brigada pipoca".
Que bela descrição da fogueira do Gungo. Parabéns por partilhares este belo olhar e sentir sobre um momento tão reconfortante da Missão.
Não sei se é essa fogueira que transmite aquele tal feitiço mas, pelo menos, dá uma grande ajuda a que ele surja e cresça.
Recordo que no dia 15 de Julho de 1996 uma pessoa que estava de visita ao Gungo me disse nesse momento mágico da fogueira: "só por isto já valeu a pena ter vindo a Angola".
Cumprimentos a todos.

P. Vítor Mira

jacinta disse...

olá mana

até consegui o calor da fogueira com o teu texto.

poverrelo disse...

Os compromissos libertam-nos da apatia de uma vida sem sabor, e esse é um dos maiores ensinamentos que tenho recebido dos manos missionáros que tenhem trilhado este caminho que nos levam a sentir o calor da fogueira. e naturalmente dão-nos coragem para dizer "Sim" a esses compromissos. manos como não podia deixar de ser aquele real abraço