segunda-feira, maio 31, 2010

Chegada ao Chimbango

Bom dia. Depois de cerca de 10 horas de viagem para percorrer os cerca de 300 km que separam o Sumbe do Chimbango, depois de muitos saltos, balanços, muito capim derrubado, eis que ao longe se começaram a escutar os cânticos de boas vindas. O povo já nos esperava havia muitas horas. O "roncar" do jipe ao longe no meio da calma noite da savana fez perceber que estávamos próximos. Toda a aldeia se deslocou para uma "porta" de acolhimento. Esta porta eram dois paus na vertical, um de cada lado da picada e um por cima; mas parecia uma baliza. Ao passarmos por aquela porta foi um autêntico golo de vitória depois de uma viagem bem cansativa. A letra do cântico que cantam quer dizer o seguinte: "o nosso padre chegou, obrigado Senhor; as nossas visitas chegara, obrigado Senhor". Ainda antes do tal "golo" houve um discurso de boas vindas que, de tão emocionado terminou com o convite a "uma palma de salvas". Mas nem a troca emocionada das palavras impediu a comunidade de nos saudar com uma ruidosa salva de palmas. Aqui fica um pequeno video com o momento da chegada. De tão escura que estava a noite, é mais para ouvir que para ver. Um abraço e boa semana. P. Vítor Mira video

1 comentário:

Anónimo disse...

Olà!
Ver o três videos de seguida, foi um grande presente para mim. Consegui ver a distância e a emoção da viagem, também com a ajuda do texto, e senti como se aquela alegria também me fosse destinada.
Que a 'linha da frente' continue a fazer um bom trabalho e que Deus nos dê muitas alegrias destas.
Ana carreira