segunda-feira, março 24, 2014

Finalmente... Notícias


Olá amigos e amigas, muito boa noite.
Até me dói a alma por há tanto tempo não vos darmos notícias, mas estas últimas semanas têm sido bem exigentes e o tempo para nos sentarmos a escrever tem sido muito pouco. E agora haveria tanto por dizer… Vamos apenas a algumas coisas.
Como muitos de vós sabereis, desde o dia 21 de Fevereiro temos connosco uma nova missionária leiga, a Deolinda da Barreira. Com ela vieram dois casais amigos que vieram conhecer um pouco da nossa missão e também de Angola. Esta vinda coincidiu com a partida do P. David que esteve connosco quase três semanas para grande alegria nossa.
Com a Quaresma iniciámos um novo ciclo de trabalhos ao qual estamos a procurar dar continuidade.
Tal como o ano passado, este ano temos a proposta de um dia de retiro para cada centro da nossa comunidade a fim de melhor viver a Quaresma e preparar a Páscoa. Neste tempo de chuva (quando e onde chove) não é fácil mobilizar as pessoas para estas iniciativas porque a sementeira dos campos é a principal preocupação.
Entretanto, com a Quaresma abrimos as inscrições para catecúmenos e neste momento temos mais de 300 em toda a comunidade. Em cada domingo da Quaresma vamos fazendo a sua admissão simples ao catecumenado; daqui a uns meses faremos uma mais solene com entrega de cartões para os que estiverem a perseverar.
Também no início desta quaresma fizemos os exames de admissão à eleição para os catecúmenos que já estão a caminhar há alguns anos. Dos 51 examinados, 25 foram aprovados para a eleição e já estão a fazer os escrutínios para serem batizados na próxima Páscoa. Alguns também irão celebrar o seu Matrimónio Cristão. Existem ainda outros casais candidatos a este sacramento que ainda estão em fase de exame para poderem dar esse passo.
No dia 16 de Março celebrámos por antecipação o dia do nosso padroeiro, S. José. Como era um domingo da Quaresma, não pudemos dar um cunho muito festivo. Mesmo assim, ainda fizemos uma procissão… era para ser com uma imagem (pequena estátua) de S. José, mas como não chegou a tempo, imprimimos uma imagem e fizemos um pequeno estandarte com ela. Tudo tem um começo. No fim da missa houve uma surpresa: um pacontinho de leite achocolatado para cada pessoa presente (e eram mais de 500), oferecido por um armazém de produtos alimentares). Estamos a pensar transferir esta festa para o Tempo Comum. Ah, mas a festa teve a matança de um porquinho da missão que foi comido ao jantar com o Conselho Permanente e alguns outros colaboradores da missão. 

Outra faceta da nossa missão continuam a ser os trabalhos, com destaque para os agrícolas. Este ano ultrapassámos as barreiras anteriores de quantidades semeadas: 101 canecas de ginguba (amendoim) e 80 de feijão. Isto foi possível graças ao empenho da equipa, de alguns catequistas, de uma empresa do ramo alimentar de Luanda que nos deu comida e da população da Gungo que aceitou a modalidade de comida por trabalho. Assim foi possível preparar mais terreno e aumentar a área cultivada. Esperamos agora que a chuva, que tem estado muito incerta, ajude.
Por falar em agricultura podemos ver a bela melancia que a nossa horta deu e que ainda tinha sido semeada pelo Sr. Serra. E se era boa. Foi única, mas valeu por todas as outras que germinaram mas que por várias razões não chegámos a comer. Na foto da melancia podemos ver o Luís Menezes, nosso conterrâneo de Leiria e nossa visita nesse dia na missão.

Bem, como sempre, ao silêncio sucedem-se textos que nunca mais acabam. Hoje ficamos por aqui com as fotos que ilustram um pouco o que dissemos.

Um abraço e continuemos juntos. Cumprimentos a todas e obrigado por nos acompanharem.

P’la Equipa Missionária, P. Vítor Mira


5 comentários:

Sofia disse...

Obrigada pelas notícias e por tanto que fazem por aí.

Boa Páscoa.

Anónimo disse...


Boa noite!

Obrigada pelas noticias da linha da frente.
Gostei das noticias, dos acontecimentos espirituais (catequese, matrimónio, dia de São José, quaresma...) e dos acontecimentos materiais ( a horta, a colaboração da população nos trabalhos, a colaboração com a empresa do ramo alimentar, a melancia, o porquito...)
Também gostei de ver a mana Terezinha, de certeza que ela não se lembra de mim, mas tem um lugar especial no meu coração :)

Boa continuação.
Estamos juntos

ana carreira

David Nogueira disse...

Saudações fraternas,
Muito obrigado pela vossa partilha. Coragem para continuarem a caminhar. Para a Equipa, Conselho Permanente e outros líderes, Povo em geral... A todos desejo: Ekolelo Linene (muita coragem).

Anónimo disse...

Saudações a todas as pessoas do grupo.
Gostei muito de receber as vossas notícias.
A Missão continua com momentos e gestos espantosos. É, graças a Deus que, com a vossa persistência, tantas coisas belas aí acontecem.
Fico muito feliz.
Que Deus continue a abençoar-vos. Sintam-se felizes.
Beijinhos para todos.
Avó Inês.

Maria Fernanda Pereira Martins disse...

Parabéns por todo o esforço. Os resultados estão visíveis. Deste lado rezamos por todos vocês. Com o entusiasmo e a graça de Deus a missão vai dando os seus frutos. Que Deus abençoe cada um.
Um abraço missionário
Ir. Fernanda FMM